13 de agosto de 2014

Quando falamos em restaurantes, muitas vezes focamos em preços e qualidade dos serviços prestados. Estes pontos são, de fato, muito importantes quando se trata de uma empresa do ramo alimentício, entretanto, não podemos esquecer que nada disso é válido se não desempenhamos um bom atendimento que evidencie as demais qualidades.

Para saber como tornar o seu estabelecimento uma referência em atendimento e serviços de qualidade, e posteriormente fidelizar os seus clientes, veja algumas dicas importantes a seguir.

 

observador

Seja observador

Algumas pessoas não gostam de expor críticas por considerar constrangedor. Por isso é extremamente necessário observar quando alguma expressão ou comportamento sinalizam descontento. Através desta análise começamos a trabalhar um atendimento direcionado, que visa incentivar o diálogo entre os envolvidos e solucionar algumas insatisfações, sem confronto direto ou situações que possam afastar clientes ou trazer prejuízos ao seu estabelecimentos.

Seja atencioso

Todos gostam de um atendimento diferenciado que evidencie a importância de cada cliente para o estabelecimento. Detalhes como chamar um cliente fiel pelo nome, memorizar pedidos de pessoas que costumam frequentar seu local, costumam fazer toda a diferença e são indispensáveis para tornar o seu estabelecimento um lugar familiar, onde as pessoas se sentem confortáveis.

Seja amigável

Primeiramente, é preciso entender o termo “amigável”. Ser amigável implica em ser atencioso, pedir se o cliente foi bem servido, cumprimentar, etc. É um atendimento que tem como base o profissionalismo, regras de etiqueta e boa educação.

Este tipo de atendimento não “força a barra”, nem exagera na simpatia de modo que possa desrespeitar. Por exemplo, não faça perguntas pessoais ou sugira encontros sociais. Pessoas mais reservadas tendem a gostar mais deste tipo de atendimento, uma vez que não é invasivo, nem deixa a desejar. É o meio termo entre o excesso de simpatia e o desinteresse pelo cliente.

 

mudanças

Seja aberto a mudanças

Nem sempre o plano B ou C é um sinal de fracasso. Compreender quando a estratégia principal não é a mais adequada é o melhor caminho para aceitar as críticas e desenhar um novo caminho que sua empresa deverá traçar. Não adianta perguntar a opinião do cliente se não está aberto a moldar-se a elas.

Realize pesquisas de satisfação

É clichê, mas funciona. Com certeza você não receberá apenas críticas positivas, mas o simples fato de ter uma caixa de reclamações no seu estabelecimento já demonstra que sua empresa se importa com as necessidades do cliente, e acima de tudo, está aberta a críticas construtivas para um constante crescimento e aperfeiçoamento do estabelecimento.

Como você deve ter notado, essas dicas são simples de seguir, o que torna muito fácil aprimorar seu atendimento. Esteja atento a elas.

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *