10 de maio de 2018

Ao abrir um restaurante, vários processos são determinados. Porém, montar o cronograma de funcionários é algo que é deixado de lado durante o planejamento de gestão.

Cardápio, modo de preparo dos pratos, padrão das refeições, tempo estimado para a preparação de cada uma delas, etc. Definir todos esses processos minimiza erros.

Mas, encher o quadro de funcionários corretamente também demanda pausa e preparo. Definir o cronograma de funcionários corretamente dá ao gestor maior controle e flexibilidade para ajustes de última hora.

Seja com uma equipe grande ou enxuta, montar o cronograma é fundamental para amarrar os processos, desde o atendimento até a cozinha.

Separamos algumas dicas para você! Utilize cada turno de acordo com sua demanda.

Sua semana não começa na segunda!

Seu restaurante é um ciclo que nunca para. Cada funcionário depende de outra pessoa, portanto, nada de planejar sua semana na segunda-feira pela manhã!

Conheça bem os processos do seu estabelecimento e distribua sua equipe por todos eles. Pense tanto nos horários de pico quanto nos horários de movimentação baixa.

Classifique os funcionários por setor, exemplo: garçons, pessoal da cozinha, recepcionistas e gerentes. Assim ficará mais fácil determinar quantos e quais ficaram em cada turno.

Uma comunicação única!

Mantenha agendas e tarefas sempre organizadas e, se possível, monte uma legenda de tarefas que toda a sua equipe compreenda.

Ter uma comunicação que todos os seus funcionários compreendam é fundamental para o cronograma. Caso você queira deixar essa organização bem visual, em um quadro ou cartazes, vale a pena!

Descreva cada serviço que será realizado em cada turno, em ordem cronológica, de acordo com cada dia da semana.

Por exemplo: “Segunda – C” pode significar Segunda-feira, Café da Manhã; “Quarta – J” significa Quarta-feira, Janta; e assim sucessivamente.

Organização para tudo!

Coloque também nessa organização de turnos trabalhos que precisam ser feitos mas não estão diretamente ligados com as refeições e atendimentos.

Por exemplo: toda segunda-feira uma pessoa será responsável pelo estoque, outra pela tarefa de receber os fornecedores, outra para fazer compras, etc.

Determine também quais colaboradores ficarão responsáveis pela cozinha, em qual função.

Junto ao seu gerente, você saberá dizer quantos funcionários de cada setor serão necessários para a realização de cada turno de acordo com os cardápios já pré-definidos.

Assim, você e seus funcionários saberão quem está responsável por cada setor da cozinha, como os garçons estarão atendendo e o que fazer nos horários que não estão recebendo clientes.

Não esqueça dos fins de semana e das trocas de turnos.

Montar um cronograma para seus funcionários é pensar no funcionamento do restaurante como um todo, incluindo todos os funcionários e todos os turnos de trabalho.

Caso você tenha algum terceirizado ou estagiários, inclua também essas pessoas em seu cronograma e, se possível, faça com que eles compreendam sua forma de organização.

Utilize quadro de tarefas.

Um software de gestão vai lhe auxiliar muito na organização de compras, fornecedores, estoque e fechamento de caixa.

Porém, talvez a melhor forma de levar o cronograma de funcionários para toda sua equipe ainda seja um quadro de tarefas, visível.

Reúna sua equipe apresentando o documento com o cronograma e estabeleça o prazo de uma semana para adaptação. Por fim, “pendure” o cronograma em um lugar visível para todos e faça cópias para que cada funcionário tenha o seu, caso seja necessário consultar.

Uma vez que os itens citados acima foram realizados, é hora de implementar.

guia-como-economizar-com-custos-operacionais

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *