19 de fevereiro de 2020

É cada vez mais comum vermos famílias em que todos os integrantes (adultos) trabalham em turno integral e, por isso, optam por fazer refeições fora de casa. 

Seja em grandes centros ou cidades menores, o intervalo de almoço se torna curto para muitas pessoas. Por isso, voltar para casa e ainda preparar o almoço acaba sendo impossível.

Quando a pessoa vive essa realidade, ela procura por restaurantes que tenham um bom custo-benefício para se alimentar no dia a dia. 

Nesses casos, se torna viável para estas famílias a opção de buffet livre, que trazem preços fixos e acessíveis. 

Uma vez que a grande maioria das pessoas vive esta realidade, ter um restaurante de Buffet Livre pode ser algo muito lucrativo. 

Está pensando em abrir um restaurante deste modelo de mercado? 

Para conseguir uma fatia desse mercado, nós separamos algumas dicas para que seu buffet livre atenda as expectativas e seja bem planejado.

Afinal, saber como gerir um restaurante é essencial para que ele se torne rentável. 

Continue sua leitura e acompanhe nossas dicas: 

Crie um plano de negócio

Um plano de negócio funciona como um norteador do seu empreendimento e para as decisões do gestor. Criar o plano de negócio é o primeiro passo para abrir um restaurante. 

É preciso estabelecer as metas do seu restaurante, para depois planejar as ações que levarão seu negócio ao seu objetivo. 

No seu plano de negócio, devem constar informações como: número de funcionários, investimento necessário, localização e tamanho do empreendimento, e muito mais. 

Escolha um ponto comercial favorável

Estabeleça o seu restaurante em um lugar visivel, como esquinas ou áreas centrais. 

Procurar por pontos que fiquem próximo a grandes empresas ou um conjunto de comércios também é uma ótima ideia. Afinal de contas, é necessário estar próximo ao seu público alvo, ou no caminho dele. 

Seu ponto comercial deve ser escolhido sempre pensando no seu público alvo. Levando em conta, por exemplo, se será necessário se deslocar para ir até você. Neste caso um espaço para estacionamento seria o ideal. 

Defina seu cardápio

Uma forma de prever gastos é calcular o que vai ser feito e definir os alimentos que serão preparados.

É importante atentar para a escolha de alimentos que deem uma sensação maior de saciedade, diminuindo o consumo de quem for servir-se e aumentando a margem de lucro do restaurante. 

Criar e organizar seu cardápio também é uma forma de garantir a lucratividade do negócio. 

Pesquise sobre alimentação saudável ou mesmo contrate uma nutricionista para uma breve consulta sobre alimentação saudável. Afinal de contas, é muito importante que exista um equilíbrio. 

Organize seu estoque

O estoque de um restaurante nem sempre recebe a atenção que realmente precisa. Procurar soluções que ajudem a estabelecer a organização e o controle do estoque se faz mais do que necessário. 

A falta de controle do estoque pode gerar desperdícios e, quando isso acontece, o financeiro do seu restaurante acaba sendo impactado.

Mas afinal de contas, como fazer o controle do estoque? Siga os seguintes passos:

  • Classifique os produtos;
  • Defina prazos de controle e conferência do seu inventário;
  • Fique de olho na demanda do seu restaurante;
  • Conte com fichas técnicas;
  • Livre-se de produtos acumulados;
  • Mantenha o local limpo;
  • Escolha o melhor modelo de reposição de estoque ( Reposição contínua ou periódica). 

Tenha um planejamento financeiro

O planejamento financeiro é uma parte importante do seu plano de negócios. E caso esta etapa do documento não seja muito bem planejada, seu restaurante pode acabar sofrendo as consequências.  

Fixe uma fonte de capital necessária para cobrir as principais despesas, como: aluguel, equipamentos, mobília, estoque, licenças e inspeções. 

Considere um valor médio de cada despesa. Some-as e defina um orçamento final. 

É necessário ter um capital de giro para investir no negócio até que os valores comecem a retornar.

Um software de gestão desde o início vai te ajudar muito a coordenar seu estabelecimento e funcionários.

Divulgue. Faça do seu estabelecimento uma referência

Como qualquer novo negócio, é preciso divulgar. Portanto, invista na divulgação do seu restaurante, seja com marketing online ou offline. 

Planeje os investimentos que serão feitos ao longo do tempo. 

É extremamente importante investir em marketing digital. Estar presente no google e nas redes sociais então, nem se fala.

Estipule o quanto será investido em cada canal, e qual será a frequência dos posts. 

O marketing é a forma mais eficiente de captar e até mesmo fidelizar pacientes. Por isso, ele não deve ser deixado de lado. 

Conte com um sistema de gestão

Um sistema de gestão pode fazer muito pelo seu restaurante! A automação traz agilidade e qualidade para os processos. E isso se reflete diretamente na produtividade de todo o seu time e na melhora do atendimento ao cliente.

Com o sistema para gestão de restaurantes, muitas vantagens são percebidas na administração do negócio, como:

  • Mais agilidade;
  • Redução de erros;
  • Centralização de processos e informações;
  • Melhoria da experiência e atendimento ao cliente;

Todas estas vantagens, e tantas outras, deixam claro o custo-benefício para uma gestão, com o uso de um sistema para restaurantes. 

Investir em um bom sistema para seu restaurante pode impactar positivamente a sua imagem no mercado, dando mais força para sua marca e te colocando à frente dos seus concorrentes no ramo alimentício.

Escolha um sistema de automação de acordo com as suas necessidades e tenha todas estas vantagens. 

Conheça as ferramentas do Mogo Smart, o sistema para gestão de restaurantes pensado para te fazer lucrar mais.

Como criar um restaurante de buffet livre

COMPARTILHAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *