Gestão em Restaurantes

Passo a passo para o sucesso!

A gestão de um restaurante integra diversos setores e processos muito diferentes.

Desde de o gerenciamento dos processos da cozinha, passando pelo atendimento ao cliente, até as funções administrativas mais burocráticas. São muitas situações que requerem a atenção do gestor.

Juntamente disso, existem diversos profissionais de áreas diferentes envolvidos para garantir o sucesso do atendimento ao cliente, e a lucratividade do restaurante no final de cada mês.

No mundo dos negócios, tempo é dinheiro. Portanto, a otimização de todos os processos devem ser focadas na agilidade e na alta performance. Algo que só é possível através de uma gestão realmente eficiente.

Para garantir uma gestão completa, é importante passar por cada um dos setores do seu restaurante. Quer garantir que cada setor tenha seus processos organizados entregando bons resultados?

Então boa leitura com nosso passo a passo para o sucesso do seu restaurante:

Determine missão, visão e valores do seu restaurante

A gestão de um restaurante integra diversos setores e processos muito diferentes.

Estas são as principais diretrizes para o seu negócio, porque são a base para todas as decisões que serão tomadas. Esses três pontos devem representar a essência do seu estabelecimento, e dizer quem você realmente é!

Mesmo que seja uma informação que não chegue de forma direta até seu cliente, ter Missão, Visão e Valores bem determinados ajuda a planejar e executar ações, além de tornar sua equipe mais harmoniosa. Quando todos compreendem o posicionamento da empresa, sabem como agir em diversas situações.

Além do mais, estabelecendo a Missão, a Visão e os Valores da sua empresa, você saberá qual o público alvo do seu empreendimento, o que irá nortear suas campanhas de marketing e o tipo de comunicação que será estabelecido com seus clientes.

Missão: É a razão pela qual a sua empresa existe. Ou em outras palavras, define qual o seu foco de atuação. Nesse caso, o conceito está mais ligado ao produto ou serviço.

Visão: É como uma bússola que indica um grande objetivo de longo prazo. Ou seja, onde o seu restaurante pretende chegar em determinado espaço de tempo.

Valores: É a forma como a empresa deve se portar no mercado e na sociedade. Ou seja, a maneira como pretende ser reconhecida. Essas ideias definem também a conduta dos colaboradores.

Algumas organizações desejam ser reconhecidas pela qualidade do produto, outras pela segurança de seus serviços, pelo respeito ao cliente acima de tudo, e até mesmo por ações de sustentabilidade. É importante que seus valores estejam diretamente ligados ao modo como sua empresa funciona, e seu público alvo.

Faça uma gestão eficiente dos custos do restaurante

A gestão dos custos do seu restaurante exige que o gestor faça uma revisão dos gastos em todos os setores. Esta revisão é o primeiro passo para que todos os processos do restaurante não ultrapassem o orçamento do empreendimento.

Algumas formas de fazer isso são:

Avalie a possibilidade de terceirização

O processo de terceirização consiste em contratar um terceiro para a prestação de determinado serviço. Quando ocorre esse processo, o terceiro passa a ser responsável pela prestação do serviço, no tempo, qualidade e preço acordados.

Pode ser uma grande oportunidade para economizar custos operacionais.

Uma das vantagens da terceirização é a redução de impostos, tendo em vista que o terceiro contratado é que arcará com os tributos estaduais naquela atividade.

Os parceiros – também chamados de terceirizados – são especialistas na prestação do serviço. Ou seja, conseguem atender às necessidades do restaurante cobrando um pequeno valor.

Ilustração Avalie a possibilidade de terceirização
Ilustração Aumente o giro de estoque

Aumente o giro de estoque

Isso significa usar de forma mais veloz os produtos recebidos. Além disso, os fornecedores não devem fazer entregas absurdas e sim pequenas e mais frequentes.

Dessa forma o estoque estará sempre em movimento, sem produtos parados. Para produtos que se encontram com o prazo de validade apertado, uma ótima ideia é realizar promoções, descontos em pratos e colocar em práticas outras estratégias que possibilitem a utilização desses produtos.

Escolha o regime tributário certo

No Brasil, pequenas empresas podem optar pelo Simples Nacional, um sistema tributário diferenciado, que reúne em um só documento todos os tributos devidos pela empresa.

Trata-se de uma inovação moderna no direito brasileiro.
O Simples Nacional foi pensado para incentivar o empreendedorismo, na medida em que reduz os custos para os empresários.

Não é obrigatório, mas muito recomendado por especialistas. Ao optar pelo Simples, o empresário passa a pagar uma alíquota reduzida, incidente sobre o rendimento da empresa.

Antes de fazer a escolha do regime tributário, é fundamental contratar um profissional que realize todas as contas.

Apesar de ser recomendado para pequenas empresas, o Simples Nacional deve ser analisado caso a caso. Para cada empresa, existe um regime tributário mais adequado. Estude qual é o mais apropriado para o seu restaurante.

Ilustração Escolha o regime tributário certo
Ilustração Automação de processos

Automação de processos

A automação consiste em transferir as atribuições e responsabilidades de uma pessoa para uma máquina ou programa.

Nos restaurantes, a automação permite reduzir custos não apenas com mão de obra, mas com outros custos operacionais.

Além serem mais eficientes, os processos de automação permitem a redução ou até mesmo eliminação de erros. Erros que, se existentes, geram prejuízo financeiro.

Sustentabilidade

A sustentabilidade é uma necessidade da modernidade.

Trata-se de pensar maneiras de transformar os processos do restaurante em autossustentáveis.

Ou seja, reduzir custos através da reutilização de recursos. Promover a sustentabilidade em um restaurante não é fácil, mas é necessário.

Uma das formas de fazer isso é reaproveitando a água utilizada em alguns setores, para a limpeza e resfriamento, por exemplo.

As lâmpadas e equipamentos elétricos devem atender aos parâmetros estabelecidos pelo governo brasileiro e serem, preferencialmente, os mais econômicos do mercado.

O gasto com água e energia elétrica pode representar um grande peso para o orçamento do restaurante. Toda e qualquer medida tende a reduzir esses custos e deve ser colocada em prática.

Ilustração Sustentabilidade

Fique de olho no atendimento do seu restaurante

Um excelente atendimento combinado com alimentos de qualidade é um plano básico para fazer com que os clientes retornem.

Um restaurante precisa ter uma boa taxa de fidelização para que ele se mantenha de portas abertas no mercado, e a qualidade do atendimento atrelada a uma comida deliciosa é essencial para que isso aconteça.

Defina como meta a expectativa de como será a experiência do consumidor com o seu serviço. É importante contar todas as etapas do processo e o seu pessoal envolvido nisso.

Um planejamento de tempo entre primeiro contato e o prato servido pode fazer muita diferença, afinal longas esperas não deixam cliente nenhum satisfeito.

Automatizar seu atendimento para receber melhor seus clientes e agilizar os pedidos, diminuindo os erros e falhas no processo pode ser uma ótima estratégia para ser colocada em prática.

Os garçons do seu restaurante são os funcionários que mais tem contato com o cliente. Portanto, treine cada um deles para garantir que a experiência do cliente dentro do restaurante seja de fato agradável.

É importante que o garçom seja ágil, educado e criativo, principalmente para resolver qualquer situação desagradável rapidamente.

Mas o gestor deve estar atento, pois apenas é possível ter garçons com estas qualidades, se todos tiverem recebido treinamento para tanto!

Está preparado para conhecer as dicas que vão otimizar e agilizar a sua rotina como empreendedor?

Ebook Melhore o atendimento em seu restaurante hoje mesmo!

Então confira nosso ebook e comece já a melhorar a experiência do seu cliente no seu restaurante!





 

Esteja atento ao setor financeiro

A longo prazo, conhecer bem o financeiro do seu negócio é o que garante a saúde de todo o empreendimento. Isso muitas vezes também norteia as decisões que serão tomadas.

A saúde financeira de um restaurante é um assunto bem sério. Em um mercado tão dinâmico, isso significa que essa questão realmente merece a atenção dos empresários e gestores e, muitas vezes, acaba sendo motivo de preocupação de muitos deles.

Antes de tudo é bem importante que o dono e gestor do restaurante separe suas contas pessoais, das contas do restaurante. Permitindo que todos os impostos sejam pagos da forma correta, e que o financeiro esteja realmente organizado.

Não se engane, isso pode parecer um detalhe, mas na verdade é uma parte muito importante. Caso seus impostos não estejam em dia, diversos problemas, como multas, podem acabar caindo sobre o gestor. Portanto fique atento a isso.

Toda a parte burocrática que envolve o setor financeiro também deve ser administrada de forma atenciosa. Mas essa não precisa ser uma ação complicada. Cuidar da saúde financeira de um restaurante pode se tornar extremamente mais fácil com alguns passos simples.

Por isso, confira estes 9 pontos que merecem sua total atenção e comprometimento para que a saúde financeira de seu restaurante seja garantida:

  1. Trace objetivos;
  2. Tenha um bom planejamento;
  3. Controle seus gastos;
  4. Utilize fichas técnicas;
  5. Tenha um bom controle de estoque;
  6. Calcule a margem de lucro de seus produtos e serviços ;
  7. Entenda a folha de pagamentos de seus colaboradores e cuide da parte fiscal;
  8. Controle o caixa com eficiência;
  9. Invista em marketing.

Quer saber mais sobre gestão financeira e garantir o sucesso dela no seu restaurante? Confira nosso passo a passo para garantir a saúde financeira em seu restaurante!

O fluxo de caixa é um dos fatores mais ligados a saúde financeira de um empreendimento. Principalmente porque seu fluxo de caixa compreende todas as saídas e entradas do seu caixa.

Contas a pagar e contas a receber. Tudo deve ser controlado de forma cuidadosa, para garantir que no fim de cada dia o caixa tenha o fechamento correto.

Tão importante quanto saber quanto entra no seu caixa, é saber quanto sai. Apenas desta forma você saberá corretamente qual sua margem de lucro real.

Para que isso aconteça, organizar e estruturar o seu fluxo de caixa é indispensável, visto que você está em uma busca constante de crescimento no mercado. Confira então estas 3 dicas valiosas para fazer o controle do caixa:

Faça um planejamento para o seu fluxo de caixa (estabeleça um valor ideal para entrada e um valor de saída);

Classifique as entradas e saídas (separe, por exemplo, o que são impostos do seu custo de funcionamento);

Utilize um sistema de automação para controlar seu fluxo de caixa (esta é a melhor maneira de garantir exatidão dos lançamentos feitos).

Faça uma gestão de estoque eficiente

O controle de estoque é decisivo na gestão de um restaurante. Com o uso das fichas técnicas e tendo um bom controle de caixa, você consegue planejar e acompanhar seu estoque de forma organizada e com mais segurança.

O gerenciamento correto do estoque é essencial, pois ajuda a controlar gastos desnecessários, além de evitar a falta ou o acúmulo de produtos estocados.

Alguns cuidados são realmente necessários para o bom funcionamento de todos os processos. Existe, por exemplo, uma divisão de atividades do controle de estoque, elas são:

Registro: que se refere à classificação dos produtos (modelo e custo);

Fiscalização: se baseia no controle dos produtos como o tributário;

Gestão: parte estratégica do processo que analisa os indicadores que podem melhorar a operação.

Verificar constantemente o andamento dessas etapas é muito importante. O bom funcionamento delas pode fazer o estoque ficar mais eficiente e rentável.

A solução para que seus processos aconteçam sem erros pode ser a utilização de um software de automação comercial.

Um software de automação oferece diversas medidas para gerar economia dentro do restaurante, estabelecendo um sistema. Ele vai te ajudar a controlar o caixa, o estoque, e seus pedidos através das comandas digitais que eliminam o uso de papel.

Fique de olho no seu estoque, algum produto em exesso perto de sua data de vencimento? Esta pode ser a oportunidade perfeita para fazer uma promoção, deslanchar os produtos e impedir que eles sejam jogados fora devido sua validade.

Tome também muito cuidado com a forma de armazenamento de seus produtos, caso contrário os mesmos podem vir a estragar por conta deste descuido, e isso é puro prejuízo.

Falar de estoque e não falar sobre o inventário do seu restaurante é praticamente impossível.

O controle eficiente do seu inventário depende de algumas práticas. Elas são:

  1. Configure um sistema de controle de estoque e registre tudo;
  2. Estabeleça políticas para gerenciar o controle de estoque;
  3. Utilize fichas técnicas;
  4. Coloque alguém responsável pelo gerenciamento do estoque.

Quanto a periodicidade para fazer o inventário, ela varia de acordo com o perfil da empresa, de sua política de estoque e do objetivo da contagem.

Quando chega o momento de alguns indícios vem a tona:

Notou falhas frequentes no controle de estoque? Então está na hora de fazer seu inventário novamente.

A política de estoque da sua empresa está dando prejuízo? então é hora de reformular.

Chegou a época das promoções? Este sempre antes e depois de uma promoção faça seu inventário. Principalmente para saber o que deve ser escoado.

Caso seu restaurante faça promoções constantemente, o processo de inventário deverá ser feito com maior frequência.

Na maior parte das vezes, o inventário do restaurante é feito em intervalos de um ou dois meses. Porém, isso depende muito do tamanho do seu restaurante.

A dica de ouro é deixar o responsável avisado desse intervalo de tempo.

Além do mais, quando chegar o momento de fazer seu inventário, faça em um dia que ser restaurante não abre, ou até mesmo em momentos que não tem tantos clientes.

Dessa forma é possível encaminhar seu pessoal para fazer esta atividade, sem prejudicar seu atendimento.

 

Preze por ter bons fornecedores

Nem sempre os grandes mercados ou produtores serão os fornecedores ideais para o seu restaurante.

Na hora de escolher e conhecer novas pessoas para esse time, deixe a mente aberta. O ideal é que o gestor escolha fornecedores confiáveis e com um bom preço. Quando for fazer sua escolha para fornecedor, leve em consideração os seguintes fatores:

Um bom fornecedor ter os melhores produtos para o que você precisa em seu restaurante. Por isso, nem sempre o fornecedor de outro gestor será o mesmo que o seu.
Surgiu aquele pedido importante? O que seu fornecedor faz por você? Conhecer as necessidades do seu restaurante e atender os requisitos da sua cozinha, compreendendo os imprevistos são pontos importantes a serem observados.
Na hora de preços, negociações, datas e origem dos produtos é necessário um fornecedor honesto. Confie na pessoa que está nessa posição, tanto na questão da qualidade dos produtos quanto no preço que você paga por eles.
Ilustração Preze por ter bons fornecedores
Ilustração Se preocupe com a estética e a organização do seu cardápio

Se preocupe com a estética e a organização do seu cardápio

Os cardápios são encontrados em todos os cantos do mundo, em milhares de estabelecimentos comerciais, dos pequenos aos grandes.

Trata-se de uma forma simples e eficiente de mostrar aos clientes quais produtos estão disponíveis para consumo, os valores, ingredientes, aparência estética e outras informações relevantes.

Hoje, o cardápio é visto como uma grande ferramenta, colocada à disposição dos restaurantes.

Se no passado não havia lá muita preocupação com a aparência, formato e características dos cardápios, hoje é um pouco diferente.

Restaurantes investem muito na criação dos seus cardápios, pois sabem do poder dessa ferramenta.

Muito mais do que o conteúdo: estética, tamanho, material utilizado na confecção, tudo é levado em consideração.

Ao considerar o cardápio uma ferramenta, ele ganha papel de destaque. Isso justifica o investimento em todos os seus aspectos.

Mas a pergunta que fica é, como montar um cardápio para o meu restaurante?

Ebook Guia definitivo: Marketing para restaurantes;

Como montar um cardápio para o meu restaurante?





Informação é TUDO!

Um dos segredos para a elaboração de um cardápio de sucesso é organizar bem todas as informações.

Aqui é preciso saber o que inserir e o que deixar de fora do cardápio.
Definir os produtos que serão apresentados é uma parte fundamental do planejamento do cardápio.

A sequência em que os itens devem aparecer no cardápio é simples:

  • Entradas;
  • Pratos principais;
  • Sobremesas;
  • Bebidas.

Muitos estabelecimentos optam por manter a carta de vinhos separada dos pratos servidos.

Se o seu estabelecimento conta com várias separações (lanches, porções, pizzas, pratos completos, etc) opte por um cardápio que respeite a mesma ordem de alimentos leves até a sobremesa.

O mais importante durante a organização e disposição do cardápio é pensar na experiência do cliente.

Eles não podem ter dúvidas quando estiverem com essa ferramenta em mãos.
Por isso é importante que as informações sejam claras e muito bem organizadas.
Quer uma dica? Separe o seu cardápio por categorias.

Por exemplo, se existem várias culturas e tradições de alimentos no seu estabelecimento, deixe isso bem claro.

Reserve uma parte para os pratos locais, outra parte para os pratos de outras culturas, como os internacionais.

Essa organização facilita a vida do consumidor, que pode escolher melhor o prato desejado, sem confusão.
O estabelecimento também é beneficiado, tendo em vista que os clientes fazem muito menos perguntas.

Quando tudo está claro e organizado no cardápio, a experiência é muito mais fluida e valiosa para seu cliente.

A gestão de pessoas é essencial para manter o ambiente agradável e equilibrado

A melhor maneira de garantir um bom serviço é ter uma equipe motivada em seu restaurante.

Equipes motivadas conquistam grandes resultados, mas cabe aos gestores a adoção de políticas e práticas que entregam esse ambiente acolhedor e motivador.

Isto pode ser, muitas vezes, um desafio para gestores. Mas a busca deve ser constante, pois uma equipe motivada trabalha muito melhor!

Algumas práticas podem ajudar a manter sua equipe motivada, como:

Envolva sua equipe nas decisões que impactam eles diretamente;

Divida responsabilidades entre todos;

Invista no seu time através de treinamentos, palestras, cursos, workshops e muito mais;

Ofereça benefícios para seus colaboradores;

Comunique-se com eles, mantendo um canal aberto para dar e oferecer feedback.

Para tanto é necessário que o gestor tenha pleno conhecimento dos processos do seu restaurante.

Esteja inteirado dos fornecedores com seus prazos e disponibilidades, do atendimento ao cliente, das etapas do preparo dos produtos a serem comercializados, e dos processos administrativos.

Somente dessa maneira você poderá montar um cronograma de funcionários completo, levando em consideração as necessidades reais do seu negócio.

Defina as metas e os objetivos do seu negócio

Quando se tem as metas e objetivos bem definidos é possível traçar um plano de quais medidas devem ser tomadas para que eles se concretizem, deixando claro quais setores possuem mais demanda.

Isso facilita o processo de montagem e gerenciamento do cronograma de funcionários.

Desse modo você garante que os horários que necessitam de mais mão-de-obra sejam atendidos e pode estabelecer turnos e funções bem delimitadas.

Preze pela boa organização e comunicação entre tudo e todos

Isso começa pelo próprio gestor, mantendo todas as tarefas sempre bem organizadas, o que evita equívocos na preparação do cronograma de funcionários.

Tendo o que deve ser feito muito bem alinhado, é possível então comunicar a todos os funcionários de forma clara quais são as tarefas do dia.

Nesse caso, ainda é válido fazer uso de esquemas visuais, como quadros ou cartazes, deixando o cronograma à mostra para todos.

A ideia aqui é que todos os funcionários sempre tenham acesso às tarefas e metas estabelecidas, compreendendo sua forma de organização e prevenindo possíveis confusões.

O Chef de cozinha do seu restaurante tem um papel fundamental no sucesso do seu restaurante, principalmente porque ele é que dá o toque especial em cada prato feito na cozinha.

Para contratar o Chef de Cozinha ideal para o seu restaurante, leve em conta as seguintes dicas:

Anunciar a vaga é o primeiro passo. Você pode fazer isso através de anúncios feitos em jornais e até mesmo em redes sociais.

Também vale a pena falar com pessoas que atuam no mercado, deixe elas saberem que você tem uma vaga aberta.

No anúncio, é importante deixar claro qual é o perfil de profissional que você está procurando, além do horário de funcionamento do seu estabelecimento.

Você também pode buscar por empresas de RH, por exemplo, e até mesmo conversar com faculdades que oferecem o curso de gastronomia.

Eles podem acabar indicando ex-alunos do curso para a vaga.

É preciso experimentar o que o profissional faz, principalmente aqueles que são especializados no estilo de comida que você quer servir.

Cada Chef costuma ter uma marca registrada, ou um tempero que eles costumam utilizar com mais frequência.

Cabe ao gestor perceber se o profissional se encaixa com o estilo do seu restaurante, e se ele irá atender a demanda.

Busque por um Chef que tenha poder de liderança. O Chef é responsável pela gestão e a organização da cozinha.

Por isso ele deve saber liderar e ensinar a equipe a trabalhar no ritmo dele.

Ele também vai trabalhar de forma direta com o gestor. Por isso ele deve ser alguém aberto a conversar e discutir suas decisões com você.

Segundo os especialistas, os gastos com a equipe de um restaurante não podem ultrapassar 35% do total de vendas brutas.

Por essa razão, faça as contas e descubra qual o seu orçamento para esta contratação.

O salário de um Chef costuma ser alto, uma vez que ele é a autoridade máxima dentro da cozinha.

Portanto, avaliar qual faixa salarial está disponível é essencial na hora de negociar com o profissional.

O Cumim tem um contato mais direto com seu cliente do que o seu chef de cozinha.

Sua principal atribuição é auxiliar o garçom durante as atividades. Parece simples, mas não é. Trata-se de um dos profissionais mais versáteis dentro do restaurante. Ele faz de tudo um pouco – e se preocupa com os detalhes.

O Cumim encarregado de deixar tudo perfeitamente organizado para a comodidade dos clientes. Pode atuar em restaurantes de todos os tamanhos, desde os pequenos até os de grande porte. E não para por aí, muitas vezes é contratado para eventos, festas e serviços que envolvem alimentação.

O que ele faz? O trabalho de um Cumim vai desde servir bebidas até a limpeza das mesas e organização de utensílios. Ele não substitui o garçom, muito pelo contrário, atua junto com ele, formando uma equipe poderosa. Em sua atuação, o objetivo do Cumim é simplificar a vida dos clientes.

Por ser um trabalho tão amplo, várias são as características e qualidades desse profissional. Um Cumim deve ser organizado, dedicado ao trabalho, proativo, flexível e versátil. O seu compromisso com o atendimento ao cliente é o que garante resultados positivos para o estabelecimento.

Em muitos restaurantes o Cumim é tão importante, que todos os garçons passam, de forma prévia, por essa função. Trata-se de um profissional versátil, que faz de tudo um pouco e contribui para que os clientes se sintam bem atendidos, em um ambiente limpo e organizado.

Essa é a importância de um Cumim dentro do restaurante: mais do que um ajudante de garçom, esse profissional é o responsável por criar uma atmosfera de qualidade, conforto e comodidade. Limpar mesas, servir aos clientes e organizar utensílios parecem atividades simples, mas que requerem atenção especial.

Vale a pena contratar um Cumim para auxiliar nas atividades do estabelecimento. Restaurantes no mundo todo estão se adaptando para inserir em suas equipes esse profissional. Sua principal qualidade é a organização, indispensável para que os clientes se sintam bem recebidos e atendidos.

Não deixe o marketing de lado

Através de estratégias simples e poderosas, é possível expandir o alcance do seu negócio, atrair mais clientes e gerar mais lucro. Como? Através do marketing.

Boas estratégias de propaganda podem ajudar seu restaurante a alcançar mais clientes. E mais, pode auxiliar na fidelização de seus clientes.

As pessoas estão utilizando cada vez mais da internet como ferramenta para pesquisar e conhecer o lugar onde vão comer. Elas querem ver fotos, comentários, endereço e outras informações relevantes sobre o estabelecimento antes de visitar o mesmo, ou fazer seu pedido.

Daí a importância de aprender como funciona o mercado digital e como promover a sua marca dentro desse espaço.

Algumas ações são essenciais para que isso aconteça. Elas são:

  • Conte com um site bem estruturado;
  • Aposte no SEO para seu site e blog;
  • Utilize a geolocalização;
  • Faça anúncios no google adwords e invista nos posts em redes sociais;
  • Esteja presente, principalmente no Instagram e no Facebook;
  • Disponibilize seu menu online;

A dica bônus é estar presente em um aplicativo de delivery. Eles podem contribuir bastante para alavancar as vendas do seu restaurante.

São dezenas de aplicativos, sites e até mesmo redes sociais que auxiliam os negócios do ramo de alimentação a conquistar novos clientes de forma muito simples. Não explorar esta possibilidade pode ser um erro que deixa seu negócio atrás da concorrência.

Também é importante considerar cadastrar seu restaurante no Tripadvisor.

No Brasil, o Google detém mais de 82% das pesquisas. Quando seu cliente pesquisa pelo seu segmento, região ou produto, ele encontra seu nome, endereço e horário de funcionamento na primeira página? Ele consegue encontrar, de forma rápida, o seu cardápio?

Claro, são muitas as formas de ser encontrado na internet. Ter um site, um bom posicionamento nas redes sociais e Google Meu Negócio são algumas delas.

Porém, plataformas como o TripAdvisor se especializaram no segmento e ganharam a confiança do público. Por isso, é fundamental marcar presença!

O Instagram é uma rede social extremamente visual. Por isso seu restaurante deve postar regularmente fotos das delícias produzidas na cozinha pelos seus chefs.

Evitando alguns erros nas postagens do instagram, possível captar muitos clientes e garantir o sucesso do seu empreendimento.

O marketing é uma ferramenta poderosa que precisa ser explorada pelo gestor em prol do seu restaurante, principalmente devido seus diversos benefícios.

Ebook Guia definitivo: Marketing para restaurantes;

Quer saber mais sobre ações de marketing para promover seu restaurante?





 

Realize pesquisas de satisfação

É clichê, mas funciona muito bem e traz muitos resultados positivos para a gestão de um restaurante.

Com toda certeza você não receberá apenas críticas positivas, até porque é muito difícil agradar a todos.

Contudo, o simples fato de ter uma caixa de reclamações no seu estabelecimento já demonstra que sua empresa se importa com as necessidades do cliente, e acima de tudo, está aberta a críticas construtivas para um constante crescimento e aperfeiçoamento do estabelecimento.

Uma das ferramentas mais conhecidas para aplicação de pesquisa de opinião é o NPS (Net Promoter Score). Ele funciona de forma simples.

O que é bom para quem responde a pesquisar, pois é um método rápido. E a vantagem para o gestor, além de ter as respostas, é que sua análise é feita em questão de minutos!

O método funciona da seguinte forma:

Faça uma pergunta: De 0 a 10, o quão satisfatória foi sua experiência em nosso restaurante?

Para avaliar as respostas considere:

0 a 6 - Detratores
7 a 8 - Passíveis
9 a 10 - Promotores.

Clientes considerados detratores jamais vão indicar seu restaurante, pois não consideram que tiveram uma experiência positiva em seu restaurante. Já clientes passíveis gostaram da experiência, apesar de entender que você ainda pode melhorar.

Os clientes promotore não só estão fidelizados, como com certeza irão indicar seu restaurante para outras pessoas.

Feito isso basta aplicar a seguinte fórmula:

Fórmula para dar nota sobre a experiência do seu cliente no seu restaurante

Quanto mais alta for sua nota, melhor a experiência do seu cliente em seu restaurante! Você pode utilizar como parâmetro os seguintes valores finais:

75 a 100: Zona de Excelência;
50 a 74: Zona de Qualidade;
0 a 49: Zona de Aperfeiçoamento;
-100 a -1: Zona Crítica.

Mantenha em mente: Quando o cliente percebe sua preocupação em entregar uma boa experiência para o mesmo em seu restaurante, ele instantaneamente passa a gostar mais de você!

Utilize um sistema de gestão

Escolher o melhor sistema de gestão para o seu restaurante é extremamente importante. Aliás, isso ajuda a e muito a guiar seu negócio para o sucesso.

Com a clientela exigente, os processos cada vez mais rápidos e a tecnologia avançando para o segmento, um sistema de gestão não é mais diferencial..

Eliminar os papéis, diminuir os erros e as filas são ótimos benefícios de um bom sistema de gestão.

Embora seja um ambiente com muita mão de obra manual, os restaurantes podem sim serem lugares automatizados, que funcionam pela tecnologia e são mais fáceis de serem gerenciados.

Tão importante quanto gerenciar com maestria o seu restaurante, é necessário ter um excelente software de gestão para lhe auxiliar em todos os departamentos.

As vantagens de um bom sistema de gestão implantado no seu restaurante são:

  • Redução de erros;
  • Mais agilidade em todos os processos;
  • Centralização de processos e informações;
  • Melhora na experiência de seus clientes.

Quando chegar o momento de escolher um sistema para o seu restaurante:

Dê preferência para softwares armazenados na nuvem. Eles são mais leves e podem ser acessados de qualquer lugar;

Escolha os que integram cozinha, atendimento e caixa;

Procure um sistema que seja fácil de implementar. Todos necessitam de treinamento e um tempo de adaptação, mas alguns são bem complicados. Quando mais intuitivo, melhor;

Considere a segurança. Afinal, ninguém quer ter seus dados ameaçados.;

Tenha em mente que um software de gestão não é um gasto, mas um investimento. No entanto, ele precisa caber no seu bolso.

Conte com o Mogo Smart para ter uma gestão eficiente em todos os setores do seu restaurante
Pedidos feitos pelo celular costumam economizar até 40% do tempo dos atendentes e diminuem os erros operacionais.
Com os pedidos automatizados, sua equipe e clientes ficam mais seguros. Menos erros e perdas de pedidos, menos complicações no fechamento do caixa.
Com o controle de delivery, todos os pedidos são cadastrados rapidamente e impressos na cozinha. No pedido, caso cliente tenha dúvida, nosso histórico de compras anteriores pode auxiliar, agilizando no processo de venda.
Com o autoatendimento na balança, os valores gerados na pesagem automática são direcionados para o caixa, sem precisar de anotações. No momento do pagamento estará tudo detalhado para a conferência do cliente.
No caixa, a agilidade vai melhorar em até 50% o seu atendimento. Fechamento de contas mais rápido e menos filas.
A automação de pedidos agiliza cerca de 25% do preparo do pedido. Isso resulta em entrega mais rápida e cliente mais satisfeito.

Com o Mogo Smart você também tem:

  • Controle de mesas, estoque e caixa;
  • Comandas eletrônicas e integração com balança;
  • Relatórios completos para a sua gestão;
  • Suporte sempre pronto para lhe atender, todos os dias da semana.

Saiba tudo o que o Mogo Smart pode fazer pela gestão do seu restaurante





Conclusão

Abrir seu restaurante foi a realização de um sonho. Sabendo disso, é importante que o gestor faça o possível para que ele se mantenha de portas abertas no mercado. Mas muito mais do que isso, todo o gestor deve buscar o sucesso!

Empreender no ramo alimentício não é fácil. O gestor deve ter conhecimento sobre as leis, sobre administração, finanças e gestão de pessoas. Além do mais, deve ser alguém com facilidade de conversar com as pessoas e com espírito de liderança.

Aliado a isso, ele deve constantemente buscar a melhora.

Para garantir que sua gestão seja de alta performance, todos os pontos acima devem ser considerados. Organização, otimização e agilidade, devem caminhar juntas e estarem presentes em cada etapa dentro do seu empreendimento.

Aqui, cada capítulo é um passo que deixa seu restaurante mais perto do sucesso! Então não pule nenhuma etapa. A alta performance só é alcançada, quando tudo dentro de um negócio funciona de forma fluida e perfeita.

Para garantir que você não deixe que nada passe despercebido, preparamos um Checklist para que você gestor aplique e garanta bons resultados em seu restaurante:

Checklist da gestão de sucesso:

Determine a missão, a visão e os valores do seu restaurante

Faça uma gestão eficiente dos custos do restaurante

Fique de olho no atendimento do seu restaurante

Esteja atento ao setor financeiro

Faça uma gestão de estoque eficiente

Preze por ter bons fornecedores

Se preocupe com a estética e a organização do seu cardápio

Saiba gerir as pessoas e manter o ambiente agradável e equilibrado

Não deixe o marketing de lado

Realize pesquisas de satisfação

Utilize um sistema de gestão

Sucesso!